Igreja acuada no Brasil: Nunca Mais Digit@l

A Igreja encurralada nos anos de chumbo é um capítulo instigante do projeto Brasil: Nunca Mais Digit@l, que vai expor o mais completo acervo sobre o arbítrio. O procurador regional da República Marlon Alberto Weichert cataloga 543 microfilmes de 707 processos contra presos políticos - 1 milhão de páginas -, e três caixas entregues pelo Conselho Mundial de Igrejas (CMI) com cópias de cartas trocadas entre clérigos naquele período. O material ficou por todos esses anos nos arquivos do CMI, em Genebra, e revela como surgiu o Brasil: Nunca Mais.

Fausto Macedo, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.