Igreja pede novo prazo a projeto de Seminário

A Arquidiocese de São Paulo vai pedir prorrogação do prazo para apresentação de projeto de revitalização e de demolição de construções irregulares no antigo Seminário Episcopal, na Luz. O imóvel está desfigurado após pelo menos 80 anos de exploração comercial. O prazo, imposto pela Prefeitura e Conpresp - órgão municipal do patrimônio -, termina na segunda-feira, mas a Igreja quer obter verbas do Iphan. O órgão federal, porém, ainda não abriu edital em São Paulo - previsto para este mês. São possíveis três prorrogações de 30 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.