Império defende o título com luxo e grandiosidade

Campeã do Grupo Especial de 2005, a Império de Casa Verde mostrou que veio disposta a conquistar o bi. Para tanto, não economizou luxo, grandiosidade e muita sensualidade. Império concluiu sua apresentação dentro do tempo e os diretores da jovem escola fundada em 1994, na dispersão, não escondiam a confiança em faturar mais um título.O primeiro carro alegórico mostrava dois tigres mecânicos cobertos com pelúcia e era inspirado no Taj Mahal, mausoléu construído em Agra, na Índia pelo Imperador Xá Jahan em memória de Mumtaz Mahal, sua esposa favorita. Um dos destaques da escola foi a rainha da bateria, Sheila Mello. Destaques também para o casal de mestre-sala e porta-bandeira, formado por Kátia Cristina e o japonês Tsubasa, natural de Tóquio. Ele era mestre-sala da escola de samba Liberdade, do Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.