Implosão do Carandiru vai demorar 7 segundos

Ouvidos atentos. Neste domingo, quando a sirene soar na região onde fica a Casa de Detenção, faltará um minuto para que os pavilhões 6, 8 e 9 sejam implodidos. O sinal virá depois da certeza de que o esquema de segurança já isolou ruas e avenidas em um raio de 150 metros dos prédios. Depois de acionado o detonador, em sete segundos os três pavilhões devem transformar-se em 80 toneladas de entulhos.A circulação de carros e até mesmo o metrô na região serão afetados. A Rua Antônio dos Santos Neto e as Avenidas Cruzeiro do Sul (entre a Avenida Zaki Narchi e a Rua Alfredo Guedes), General Pedro Leon Schneider e General Ataliba Leonel permanecerão interditadas a partir das 7 horas.O melhor ponto para acompanhar de perto a demolição ficará na calçada da General Ataliba Leonel, onde um muro de 80 metros será derrubado para facilitar a visão dos pavilhões 8 e 6. A explosão, que deve ser acionada pelo governador Geraldo Alckmin, está prevista para ocorrer pontualmente às 11 horas.Parte do entulho dos pavilhões 6, 8 e 9 será utilizada na construção no local do Parque da Juventude.Veja galeria de fotos dos preparativos para a implosão.Veja galeria de fotos da Casa de Detenção após a saída dos presos, em setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.