Reprodução
Reprodução

Imprensa mundial aborda segurança no carnaval e Olimpíada com greve no Rio

Jornais estrangeiros apontam problemas públicos no País e se governo tem habilidade para contornar

Cristiane Salgado, Estadão.com.br

10 Fevereiro 2012 | 17h08

SÃO PAULO - A greve dos policias e bombeiros do Rio de Janeiro iniciada na madrugada desta sexta-feira, 10, repercutiu na imprensa internacional, que destacou a proximidade do início do carnaval.

Para o 'New York Times', a greve ameaça "a festa mais importante do país: o carnaval". O jornal norte-americano lembra a polêmica em torno dos altos salários do Judiciário e fala na "grande discrepância de pagamentos no setor público".

O jornal britânico 'The Guardian' afirma que "as preparações carnavalescas foram ofuscadas pela greve policial", acrescentando que as "autoridades temem uma onda de violência". Para o veículo, o carnaval é uma melhores festas de ruas no mundo, com quatro dias de celebrações que atraem milhões de pessoas.

O 'The Washington Post' relatou que o salário dos oficiais do Rio estão entre os mais baixos no País. O jornal ainda ressaltou que "a polícia no Brasil, particularmente no Rio, tem sérios problemas de corrupção".

De acordo com a rede norte-americana CNN, a greve policial "levanta preocupações sobre a habilidade do Brasil em prover segurança" em cidades - Rio de Janeiro e Salvador - que sediarão os jogos olímpicos e a Copa.

O espanhol 'El País', assim como a CNN, destacou a preocupação com a segurança no Rio de Janeiro, que abrigará as Olimpíadas em 2014. Segundo o jornal espanhol, apesar da política de pacificação nas favelas ser um avanço, "a cidade está rodeada de subúrbios onde a violência segue com muita força".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.