Incendiários atacam duas casas em Hortolândia

A casa do diretor da Guarda Municipal de Hortolândia, Ademar Carlos Rosa, e uma transportadora que pertence ao prefeito Jair Padovani (PSDB) foram atacadas por incendiários na madrugada de hoje. Não houve feridos e o fogo foi controlado no local, sem necessidade de intervenção do Corpo de Bombeiros. As duas casas ficam localizadas em bairros vizinhos. De acordo com a Polícia Militar da cidade, os incêndios ocorreram em um intervalo de 15 minutos, entre 2h15 e 2h30. A polícia informou que nos dois casos há indícios de que o fogo foi provocado. Na casa do diretor da Guarda, as chamas atingiram a garagem, a lateral de um veículo e uma mesa. Rosa conseguiu apagar o fogo com extintores e água. A polícia apreendeu na garagem duas garrafas de cerveja contendo uma mistura de gasolina com sabão em pó. Na transportadora, os próprios funcionários contiveram as chamas, que destruiu um ônibus da frota da empresa do prefeito. Até agora, ninguém foi preso e a polícia não tem suspeitos. De acordo com a PM, não há registros recentes de ataques incendiários na cidade, o que reforça a suspeita de vingança. No início de março, a sede da Polícia Militar de Hortolândia foi atingida por tiros. Na seqüência, os criminosos deixaram uma bomba no local, que explodiu e danificou parte do prédio. Dois policiais estavam de plantão, mas não ficaram feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.