Incêndio continua em galpão da Nestlé

Cerca de 50 viaturas e mais de 100 homens ainda trabalham no combate ao incêndio que destruiu pelo menos a metade dos 45 mil m2 de um centro de distribuição da Nestlé, localizado na Estrada do Alvarenga, em São Bernardo do Campo, no grande ABC paulista.O fogo começou às 12h20 de ontem e foi confinado pelos Bombeiros por volta das 19h30, mas vários focos de incêndio persistem em um dos galpões.A operação rescaldo ainda não foi iniciada. Continuam desaparecidos o sargento Alail Alves Benício, 51 anos, e o tenente Carlos Alberto Teixeira, 43, dois dos primeiros homens do 8.º Grupamento dos Bombeiros que chegaram ao local.Fogo destrói depósito da Nestlé no ABC

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.