Incêndio de grande proporção atinge Perdigão em Rio Verde

Segundo bombeiros, o incêndio teve início com o vazamento de amônia em um dos galpões da empresa

Alexandre Inacio, da Agência Estado,

21 de março de 2009 | 12h56

Um incêndio de grandes proporções atingiu parte da unidade da Perdigão no município de Rio Verde, em Goiás, na manhã deste sábado. Segundo informações do Corpo de Bombeiros local, o incêndio teve início com o vazamento de amônia em um dos galpões da empresa, que fugiu ao controle dos empregados que estavam no local e tomou proporções maiores. A empresa nega que tenha sido este o motivo. Segundo os bombeiros, os funcionários que trabalhavam conseguiram deixar o local e não há registro de vítimas ou feridos.

 

O Corpo de Bombeiros enviou à unidade da Perdigão três viaturas de combate ao fogo, duas de resgate e outras duas de salvamento terrestre. Estão no combate ao incêndio de 30 a 40 bombeiros para tentar controlar as chamas.

 

A empresa divulgou uma nota sobre o incêndio. Veja a íntegra:

 

"A Perdigão S/A informa que um incêndio de médias proporções atingiu na manhã deste sábado, 21/03, as instalações da unidade de industrializados de seu complexo agroindustrial de Rio Verde, em Goiás.

 

A planta se encontrava em operação no momento do incêndio. Imediatamente, a brigada especializada da empresa foi mobilizada e retirou, com segurança, os cerca de três mil funcionários que trabalhavam no local. Alguns tiveram que ser atendidos no hospital da cidade, com sintomas de intoxicação provocada pela fumaça, sendo liberados na sequência.

 

O fogo começou na caldeira da unidade de industrializados e, devido ao vento forte, atingiu outras áreas do complexo. Equipes do Corpo de Bombeiros do município e da região, além de brigadas das empresas instaladas no entorno, continuam o trabalho de combate às chamas, priorizando o processo de contenção dos tanques de amônia.

 

A empresa esclarece que até o momento não foi registrado vazamento de amônia, conforme chegou a ser noticiado por alguns veículos de comunicação online.

 

A extensão dos danos causados pelo sinistro só poderá ser dimensionada quando o fogo estiver totalmente controlado.

 

Perdigão S/A"

Tudo o que sabemos sobre:
IncêndioPerdigão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.