Incêndio destrói 50 mil hectares na Serra da Canastra

Um incêndio no Parque Nacional da Serra da Canastra, na região Centro-Oeste de Minas Gerais, já destruiu 50 mil hectares de vegetação. O que representa mais da metade da área regularizada, ou seja, da parte sobre a qual o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) tem controle. No total, o parque tem cerca de 200 mil hectares.O fogo começou na terça-feira e até a tarde de sexta-feira estava fora de controle. O relevo acidentado e o vento forte que alastra as chamas dificultam o combate ao incêndio. Sessenta homens trabalham no local, entre bombeiros, voluntários e brigadistas.O Parque Nacional da Serra da Canastra abriga espécies animais ameaçadas de extinção e exemplares de quase todos os tipos de cerrado do país. Dentro dos limites do parque, fica a nascente do rio São Francisco, cuja vegetação ao redor foi uma das atingidas pelo fogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.