Incêndio destrói oito prédios em Juiz de Fora-MG

Segundo os bombeiros, o fogo teve início em uma loja de materiais para festas infantis, instalada no 2º andar de um edifício de dois pavimentos

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

25 Outubro 2011 | 13h10

SÃO PAULO - Oito prédios foram destruídos pelo fogo que começou no fim da tarde de segunda-feira, 24, no Centro de Juiz de Fora, em Minas Gerais. O incêndio só foi controlado por volta das 3h30 de hoje. Cerca de dois milhões de água foram usados para controlar as chamas. Ninguém ficou ferido.

Segundo os bombeiros, o fogo teve início às 17h30, em uma loja de materiais para festas infantis, instalada no segunda andar de um edifício de dois pavimentos. As chamas se alastraram e atingiram também outros sete prédios ao lado, cinco deles com um pavimento e outro com seis andares, que está com a estrutura comprometida, além de uma casa com quatro pavimentos.

As lojas atingidas eram especializadas em revenda de discos, de ferragens, materiais de artigos de borracha, venda de frangos e até mesmo de fogos de artifícios e de botijões de gás. Por conta do material inflamável, as chamas se espalharam rapidamente. De acordo com os bombeiros, no começo do incêndio todos os prédios foram evacuados e ninguém ficou ferido. Um shopping localizado próximo aos prédios atingidos também foi esvaziado.

Ao todo, cerca de 60 militares e 16 viaturas do Corpo de Bombeiros participaram do controle ao fogo. Após a operação rescaldo dos bombeiros, equipes da Defesa Civil vão analisar a estrutura dos prédios atingidos, alguns muito antigos, que correm o risco de desabar.

Mais conteúdo sobre:
incêndiojuiz de forabombeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.