Incêndio destrói três prédios tombados no Rio

Um incêncio destruiu nesta madrugada destruiu três prédios tombados na esquina da Rua dos Andradas com Buenos Aires, no centro da cidade do Rio de Janeiro, onde predomina o comércio popular. O fogo começou por volta das 23h30 de sexta-feira. Os bombeiros chegaram depois da meia-noite, com oito carros-pipa, mas não conseguiram evitar a destruição. Como a região é comercial, não havia ninguém nos prédios na hora do incêndio. As causas ainda são desconhecidas.A Defesa Civil interditou os quarteirões vizinhos, porque pode haver necessidade de demolir o prédio da Rua dos Andradas. Na região, circulam cerca de 100 mil pessoas no sábado, e 60 mil, nos dias de semana. Não há prazo para as ruas serem reabertas ao público. Segundo o presidente da Sociedade dos Amigos da Adjacências da Rua da Alfândega (Saara), o comerciante Ênio Carlos Bittencourt, na quinta-feira da semana passada, a instituição tinha contratado uma brigada de incêndios para fazer uma avaliação da situação de segurança de todos os prédios, mas a inspeção ainda não havia chegado à Rua dos Andradas. A região passa por um processo de revitalização, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O engenheiro da Defesa Civil, Mozer Reimon, disse que, devido a esse processo, alguns prédios não deviam estar em situação de risco. Bittencourt acredita que a maioria dos comerciantes não tem seguro contra incêndio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.