Incêndio em favela mata duas pessoas em Porto Alegre

Um incêndio destruiu dezenas de casebres de catadores de lixo reciclável, matou duas pessoas e deixou 98 famílias desabrigadas na favela Chocolatão, no centro de Porto Alegre, na madrugada desta Segunda-feira.Os moradores disseram à polícia que um homem ateou fogo à sua casa depois de uma briga com a mulher, um pouco antes da 1 hora, e fugiu. As chamas se alastraram por diversos barracos e chegaram aos carrinhos carregados de papel, plástico e latas recolhidos durante o dia.Os bombeiros só conseguiram controlar o incêndio às 2 horas. Os mortos na tragédia foram Vanderci Pereira da Cunha, de 38 anos, e a criança Bruna Costa Duarte, de quatro anos. A mãe de Bruna, Margarete Costa Duarte, de 24 anos, disse que tentou resgatar a filha, mas teve de desistir quando sentiu que não conseguiria passar pelas chamas.

Agencia Estado,

27 de dezembro de 2004 | 13h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.