Incêndio mata duas crianças na zona norte do Rio

Fogo começou por causa de vela; mãe das crianças sofreu ferimentos e está internada

O Estado de S.Paulo, com Fabiana Marchezi, da Central de Notícias

13 de setembro de 2009 | 16h36

Um incêndio matou dois irmãos na madrugada deste domingo, 13, na Pavuna, zona norte do Rio. Natan e Rian Barros Nascimento, de 4 e 2 anos, respectivamente, foram surpreendidos pelo fogo que começou com uma vela deixada acesa pela mãe deles, Kátia Barros, de 33 anos, na casa da Rua Nova Olinda.

 

Sem conseguir fugir do quarto em chamas, que começaram por volta das 4h, os dois meninos morreram carbonizados antes da chegada dos bombeiros. De acordo com relatos, a vela havia sido acesa porque a mãe procurava a chupeta do filho menor.

 

O incêndio começou quando a chama atingiu o lençol da cama dela e, em seguida, o colchão. O fogo se alastrou rapidamente e destruiu móveis, roupas e documentos. Os vizinhos ainda tentaram ajudar, levando baldes d'água e acionando mangueiras. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o cômodo ficou totalmente destruído.

 

Kátia sofreu queimaduras foi levada para o Hospital Souza Aguiar e, logo depois, foi transferida e internada, em observação, no Centro de Tratamento de Queimados do Hospital do Andaraí, também na zona norte da cidade. Seu quadro de saúde é estável e ela não corre risco de morte.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioRioPavunaCorpo de Bombeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.