Incêndio mata quatro detentos em Manaus

Um incêndio no início da manhã de hoje no Hospital de Custódia da Penitenciária Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus, provocou a morte por asfixia de quatro detentos, ainda não identificados. A diretoria do Hospital descarta a possibilidade de rebelião e classifica o incêndio de acidental. Essa explicação não convenceu as dezenas de parentes de detentos que correram para o local logo que souberam do incêndio. Circulam rumores de que o incêndio teria começado após um grupo de detentos atear fogo em colchões para chamar a atenção dos diretores. O Instituto Médico Legal do Amazonas está providenciado a identificação dos mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.