Incêndio na Serra do Japi pode provocar blecaute em SP

A reserva florestal da Serra do Japi está queimando há mais de 24 horas. O fogo, que teve início na Fazenda Guaxinduva, em Cabreúva, segue em direção a Jundiaí. Foram queimados 12 alqueires de mata nativa. A origem pode ter sido um trabalho de macumba, com várias velas queimadas em um templo improvisado. Homens da Guarda Municipal, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros de Jundiaí, Cabreúva e Itu trabalham junto com 30 voluntários no combate ao fogo.De acordo com a Guarda Florestal de Jundiaí, existem duas grandes preocupações - de que o fogo atinja a área tombada de Jundiaí, que está bastante seca por causa da estiagem, tornando-se irreversível, e de que as chamas cheguem nas torres de alta tensão. Se o fogo chegar nas redes de energia amanhã, a cidade de São Paulo corre risco de sofrer blecaute, semelhante ao de 10 anos atrás, que durou mais de uma hora. A Guarda Municipal informou que as chamas são rasteiras, mas podem atingir árvores secas, alcançando a fiação de energia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.