Incêndio no centro do Rio interdita Avenida Rio Branco

De acordo com os bombeiros, prédio de três andares estava vazio no momento do incêndio

Alfredo Junqueira,

10 Junho 2012 | 12h08

RIO - Um incêndio destruiu três andares do edifício nº 99 da Avenida Rio Branco na manhã deste domingo. A via, que é uma das mais importantes do centro da capital carioca, está totalmente interditada. De acordo com os bombeiros, o prédio estava vazio e não houve vítimas.

O fogo teria começado no 15º andar do Edifício Swissair e logo se espalhou para o 14º e o 16º pavimentos. No local funciona um escritório de advocacia. A quantidade de papéis arquivados ajudou a propagação do incêndio e dificultou o trabalho dos bombeiros. Cerca de 30 homens e oito veículos dos quartéis central e do Humaitá, na zona sul, participaram da operação.

Aparelhos de ar condicionado, pedaços da fachada do prédio e muito entulho ficaram espalhados pela Avenida Rio Branco e também na Rua Buenos Aires. A região foi isolada pelos bombeiros.

De acordo com o comandante do Grupamento Operacional do Comando Geral dos Bombeiros, coronel André Melo, o prédio deverá ficar interditado até que a Prefeitura do Rio faça uma inspeção. O oficial disse que a estrutura interna de combate a incêndio não estava adequada.

"A gente sempre tenta acionar o preventivo do prédio, mas aqui ele não estava adequado. Não havia água suficiente para ajudar no controle ao incêndio. E quando ligamos as mangueiras disponíveis no edifício ao sistema externo de fornecimento de água, várias estouraram", disse Melo.

A previsão dos bombeiros é que não haja restrições de acesso à Avenida Rio Branco na segunda-feira. Em dias úteis, qualquer problema na via costuma provocar transtornos no trânsito de toda região central da cidade.

Mais conteúdo sobre:
incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.