Incêndio no prédio da Eletrobrás está controlado

O comandante do Corpo de Bombeiros do município do Rio de Janeiro coronel Francisco Carlos Pessanha Bragança informou, por volta das 11h10, que o incêndio no prédio da Eletrobrás está controlado. Segundo ele, existem 120 homens do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil atuando no combate às chamas. Agora eles trabalham para extinguir pequenos focos de fogo que ainda se encontram no prédio. "Com certeza o incêndio já está controlado. O único risco que corremos é que o fogo volte a surgir por causa dos vento", disse o coronel, explicando que o vento pode fazer com que pequenas chamas se espalhem pelos andares por meio do duto de ar-condicionado central. Ele informou ainda que as causas do incêndio ainda são desconhecidas. Mas disse que os peritos do Instituto de Criminalística Carlos Eboli e do Corpo de Bombeiros já estão a postos para iniciar o trabalho de perícia. No total, 18 homens do Corpo de Bombeiros trabalham nos seis últimos andares do edifício. "Tudo ficou totalmente danificado. Não dá para recuperar nada destes seis andares", avaliou o coronel. Ele confirmou ainda que houve problemas com as 80 mangueiras utilizadas para combater as chamas. Embora não tenha precisado um número, afirmou que as mangueiras foram furadas pelos vidros das janelas estilhaçadas pelo incêndio.Leia maisIncêndio destrói parte de prédio no centro do RioParte do prédio da Eletrobrás pode desabarFalta de água atrapalha serviço dos bombeiros no RioSetenta soldados combatem incêndio no RioPrédio do Rio foi reformado e tem brigada de incêndio

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.