Indecisos estão migrando para Alckmin, afirma cientista

Os resultados divulgados nesta sexta-feira pela pesquisa CNI/Ibope podem levar ao segundo turno na disputa presidencial. A afirmação é do cientista político e pesquisador da PUC e FGV de São Paulo, Marco Antonio Carvalho Teixeira. Segundo ele, a pesquisa não traz mudanças significativas com relação às mostras divulgadas recentemente. "Os números apontam, contudo, que os indecisos estão migrando mais para os candidatos da coligação PSDB-PFL, Geraldo Alckmin, e do PSOL, Heloísa Helena."A respeito da migração de votos dos indecisos para os presidenciáveis Alckmin e Heloísa Helena, o pesquisador da PUC e FGV avalia que o presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, vem sofrendo neste momento um grande desgaste com os escândalos que atingem a sua administração. "Quem mais se desgastou até agora foi o Lula, é preciso ver se com o início do horário eleitoral gratuito (no dia 15 deste mês) os outros adversários também serão atingidos por críticas ou denúncias." Apesar disso, o cientista político não acredita que o horário eleitoral no rádio e na TV possa trazer mudanças significativas ao atual cenário.Na sua avaliação, nas próximas pesquisas poderá se avaliar com mais precisão a tendência do eleitorado com relação aos presidenciáveis. "Poderemos avaliar se o presidente Lula já atingiu o seu teto, em termos de intenção de voto, e se os outros adversários, sobretudo Alckmin e Heloísa Helena, poderão conquistar votos entre o eleitorado indeciso ou se os candidatos poderão tirar votos de outros concorrentes." E complementa que as novas pesquisas poderão comprovar se a tendência de segundo turno irá mesmo se confirmar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.