Indeferido pedido de paralisação das obras da Faria Lima

A construção do corredor de ônibus na Avenida Rebouças, incluindo as obras do túnel sob a Avenida Faria Lima vão prosseguir, por decisão do juiz Antônio Carlos Ferraz Miller da 7ª Vara da Fazenda Pública. Ele indeferiu hoje pedido de liminar da Sociedade dos Amigos do Jardim Europa e Paulistano (SAJEP). A entidade, com o aval do Ministério Público, pretendia a imediata paralisação das obras, numa ação civil pública contra a Prefeitura.O juiz não acolheu o argumento de que o corredor causaria impacto negativo irreversível no trânsito e na área que é tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico do Estado de São Paulo (Condephaat).A SAJEP e o Ministério Público podem recorrer ao Tribunal de Justiça em mais uma tentativa de obterem liminar. A conclusão do túnel orçado em R$ 66 milhões está prevista para o final deste ano.É a segunda vez que a justiça indefere recursos para suspender as obras. A primeira decisão favorável à Prefeitura ocorreu na 2ª Vara da Fazenda Pública sendo mantida pelo Tribunal de Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.