Índios e Aeronáutica continuam buscas por desaparecidos no AM

Duas pessoas que estavam a bordo do avião da FAB ainda não foram encontradas; nove já foram resgatados

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

30 de outubro de 2009 | 20h01

O Comando da Aeronáutica afirmou na noite desta sexta-feira, 30, que índios da tribo Marubo e um helicóptero HM-3 Cougar do Exército Brasileiro continuam as buscas por duas pessoas que estão desaparecidas após um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) realizar na quinta um pouso forçado no Amazonas.

 

Veja também:

linkSobreviventes de acidente da FAB chegam a hospital no Acre

linkFAB: avião emitiu sinal de emergência após decolagem

lista Aeronáutica e Funasa divulgam nomes de sobreviventes

 

Os índios trabalham voluntariamente nas buscas por João de Abreu Filho, funcionário da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), e o Suboficial Marcelo dos Santos Dias, mecânico do C-98 Caravan.

 

O avião havia desaparecido na quinta-feira, entre as cidades de Cruzeiro do Sul, no Acre, e Tabatinga, no Amazonas, com 11 pessoas a bordo, 58 minutos depois de ter decolado. Na manhã desta sexta, a aeronave C-98 foi encontrada por integrantes da tribo Matis, sendo que nove sobreviventes foram resgatados. Os índios notificaram à Fundação Nacional do Índio (Funai).

Tudo o que sabemos sobre:
FABacidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.