Indultado participa de latrocínio de caminhoneiro

Quatro homens, em duas motocicletas, assaltaram, por volta das 19h desta terça-feira, um caminhão que transportava bobinas de papel, na Av. Baquirivu, à margem do Córrego Baquirivu Guaçu, em Guarulhos, na Grande Sã Paulo. Sem qualquer razão aparente, dispararam, atingindo o motorista com dois tiros na cabeça e um ajudante, de raspão no pescoço. Na fuga, um dos assaltantes caiu com a moto e foi preso. Constatou-se então que cumpria pena na cadeia de Mongaguá, no litoral, de onde saiu em indulto de Natal.Para o ajudante Antonio de Almeida Sobrinho, de 43 anos, os ladrões não tinham motivo para atirar. Quando abordaram o caminhão, com ambos os garupas apontando armas, o motorista Mário Ildo Negreli, de 56, imediatamente parou o veículo, semresistência. Dois deles entraram no caminhão e um comentou: "Foi caguetagem", revelando que alguém os alertou que valeria a pena assaltá-los.De repente, começaram a disparar, acertando Mário, que morreu no local, e ferindo de raspão no pescoço o ajudante João Batista Araújo da Silva, de 31 anos. Socorrido no Hospital Geral do município ele está fora de perigo. Depois de conduzir o caminhão por alguns quilômetros os ladrões o abandonaram e prosseguiram a fuga nas motos.Avistados por policiais do 21º BPMM, iniciou-se a perseguição, mas, na Av. Monteiro Lobato, no Parque Cecap, Ricardo Luiz dos Santos, de 27 anos, um dos assaltantes derrapou e caiu com a motocicleta. Ao ser preso constatou-se que se encontra cumprindo pena por roubo, em regime semi-aberto, naquele presídio do litoral Sul. Indultado no Natal, deveria reapresentar-seapós o Ano Novo. Ele nega ter sido o autor dos disparos, mas isso não o impediu de ser autuado em flagrante por latrocínio no 4º DP de Guarulhos, no Bairro dos Pimentas. A polícia ainda não localizou seus três comparsas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.