Indulto: 6,81% dos presos não retornaram para os presídios

Dos 14.323 presos beneficiados com o indulto no Natal e ano-novo, 974 não retornaram para as unidades prisionais do Estado de São Paulo, o que representa 6,81%, segundo balanço da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Apesar de quase mil presos estarem agora foragidos, o índice de retorno é o maior registrado desde as últimas saídas de Natal e ano-novo no Sistema Prisional Paulista. Nos feriados de fim de ano de 2005, 91,08% dos beneficiados regressaram às unidades, e, em 2004, levando-se em consideração apenas o Natal, 91,96 % dos presos voltaram. O balanço divulgado nesta quinta-feira não inclui ainda os dados das três unidades das região de Marília, interior de São Paulo. A Justiça autorizou a saída de 395 presos por lá, e eles deveriam voltar até as 18 horas desta quinta-feira. O preso que não respeita o prazo da saída temporária passa a ser considerado foragido e perde o benefício do regime semi-aberto. Se recapturado, ele será encaminhado para o regime fechado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.