Indulto perdoa um tipo de ligação com droga

O decreto presidencial que concede o indulto de Natal a presos terá duas inovações. Podem ser perdoados os condenados pelo chamado tráfico privilegiado de drogas - que consiste em oferecer droga, eventualmente e sem objetivo de lucro, a um amigo. Outra novidade é o perdão para condenados inimputáveis - doentes mentais, por exemplo. O indulto é diferente da permissão para passar o fim de ano em casa. No indulto, o crime é definitivamente perdoado. Pelo menos 18 mil presos do regime semi-aberto foram autorizados a sair no fim de ano.,

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.