Infraero: 6,9% dos vôos tem atrasos acima de uma hora

A situação era mais tranqüila na manhã desta quinta-feira, 22, nos aeroportos do País. Segundo boletim divulgado Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o porcentual de vôos com atrasos superiores a uma hora, da zero hora até 9h50, ficou em 6,9%. Dos 548 vôos programados, segundo o boletim da Infraero, 38 foram afetados pelos atrasos.A situação mais complicada de atrasos, de acordo com o site da Infraero, é no Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, que teve problemas na manhã de quarta-feira 21, no Centro de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo (Cindacta-2). Às 10h34 desta quinta, o aeroporto tinha dez vôos atrasados.Em São Paulo, o Aeroporto de Congonhas, na zona sul tinha três atrasos, sendo que 83 vôos estavam programados. Já no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, quatro vôos registravam atrasos e cinco foram cancelados; porém nenhum dos atrasos ultrapassavam uma hora e 30 minutos. O boletim informou também que o Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, apresentava, até às 9h50, atrasos além de uma hora em um vôo, dos 23 programados, o que equivale a 4,3% do total. No Rio de Janeiro, o Aeroporto Tom Jobim tinha atrasos superiores a uma hora em seis vôos. Já o Aeroporto Santos Dumont, também no Rio, tinha cinco vôos fora do horário. De acordo com matéria publica pelo Estado nesta quinta-feira, 22, o atraso médio em vôos do País bateram recorde em 2006. A conclusão foi tomada depois de um estudo feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A agência confirmou que pousos e decolagens operados por companhias nacionais e estrangeiras atrasaram, em média, uma hora e 13 minutos em 2006, ante os 53 minutos registrados em 2005.Confira a média ano a ano, a partir de 2000:2000: Média de 52 minutos de atrasos, para um total de 4.077 vôos, segundo a Anac; 2001: Média de 54 minutos de atraso, para um total de 3.219 pousos e decolagens;2002: Média de 55 minutos de atraso, para um total de 2.793 pousos e decolagens;2003: Média de 1h04 de atraso, para 2.811 operações;2004: Média de 1h10 de atraso, para 2.120 operações;2005: Média de 53 minutos de atraso, para 2.560 vôos;2006: Média de 1h13 de atraso, para 3.060 operações.

Agencia Estado,

22 de março de 2007 | 10h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.