Infraero registra atraso em 24,9% dos vôos

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) divulgou nesta terça-feira um novo balanço parcial, no qual afirma que até o meio-dia, dos 755 vôos programados nos aeroportos em todo País, 188 registraram um atraso de mais de 45 minutos. O número corresponde a um percentual de 24,9% do total de vôos e indica um aumento em relação ao período da manhã, pois, até as 8h40, apenas 19% dos vôos estavam atrasados.A Infraero lembra que o tempo de 45 minutos é o que melhor expressa os atrasos da aviação comercial, pois atrasos de 15 a 30 minutos são considerados aceitáveis na rotina de vôos.Ainda segundo a Infraero, os atrasos podem ocorrer por diversos motivos, como problemas meteorológicos, técnicos da companhia aérea e, eventualmente, por problemas no tráfego aéreo.Em comparação com os problemas registrados na segunda-feira, causados pelo rompimento de um cabo de fibra ótica do Centro Integrado de Defesa e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) 2, que coordena o espaço aéreo da região Sul do País, durante o temporal que atingiu Curitiba na tarde de domingo, a situação era mais tranqüila nesta terça. No balanço divulgado ao meio-dia de segunda, dos 807 vôos programados, 288 tiveram atrasos superiores a 45 minutos, o que representa 35,7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.