Infraero usa telefone para orientar passageiros no carnaval

Serão realizadas diariamente cerca de um milhão de ligações; meta é atingir mais de 4,5 milhões de pessoas

Camilla Rigi, O Estado de S. Paulo,

30 de janeiro de 2008 | 18h40

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) iniciou na terça-feira, 29, uma campanha de telemarketing para alertar os usuários do transporte aéreo sobre o grande movimento nos aeroportos no carnaval. Desde o início da campanha, passageiros de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília recebem ligações com mensagens gravadas, orientando a procurar os balcões de informações da Infraero em caso de dúvidas para que tenham o encaminhamento adequado.   Veja também: Setor aéreo não terá problemas no carnaval, diz Infraero   Segundo informações da Superintendência de Marketing e Comunicação da estatal, serão realizadas diariamente cerca de um milhão de ligações. A meta é atingir mais de 4,5 milhões de pessoas. De acordo com Infraero, as ligações são dirigidas a pessoas que viajam de avião mais de oito vezes a ano, os 'heavy users', não só para aqueles que já estão com viagens marcadas. As quatro capitais selecionadas foram escolhidas por serem origem da maior parte dos turistas que viajam nesse período.   A campanha encerra-se na próxima sexta-feira, 1, e ainda não se sabe se será repetida em outros feriados. A Infraero informou que esse "instrumento de marketing tem se mostrado bastante eficiente e as ações já realizadas anteriormente mostram resultados superiores a 90% em termos de ouvir integralmente a mensagem". Todas as ligações devem custar aproximadamente R$ 2,6 milhões.   A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)e as principais companhias aéreas já anunciaram esquemas especiais para o Carnaval. No sexta-feira, 31, a Anac deve aumentar a fiscalização nos aeroportos de Guarulhos, Brasília, Porto Alegre e Tom Jobim, no Rio, de onde deve partir a maior parte dos turistas. Já no dia 2 de fevereiro, o número de fiscais será maior nos aeroportos de São Paulo, Rio, Salvador, Recife, Florianópolis, Natal, Fortaleza e Porto Alegre.   A TAM e a Gol vão ter três aeronaves de reserva, com suas respectivas tripulações de plantão para eventuais problemas. A TAM também ampliou o convênio com hotéis próximos aos aeroportos mais movimentados caso haja muitos atrasos e cancelamentos de vôos.

Tudo o que sabemos sobre:
Infraerocarnaval

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.