Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Integrante de grupo de extermínio preso na Bahia

Agentes da Delegacia de Polícia de Feira de Santana, a 108 quilômetros da capital baiana, comandados pelo delegado Juvêncio Menezes Neto, conseguiram localizar e prender hoje após meses de investigação o ex-PMWanderlino Oliveira Evangelista, acusado de integrar grupos de extermínio que praticaram dezenas de assassinatos e crime de extorsão na região. Na casa de Evangelista, os policiais encontraram um verdadeiro arsenal. Vários revólveres e pistolas automáticas entre as quais uma modelo ponto 40 e outra 380, farta munição e demais "equipamentos" de trabalho como algemas e celulares. No quintal da casa, situada no Bairro do Campo Limpo havia dois carros e uma moto que a polícia desconfia serem roubados. Evangelista estava sendo procurado há pelo menos seis anos. Ele conseguiu apagar seus dados no sistema de informação daJustiça e da Polícia em Feira de Santana, o que dificultava a sua localização. Ao ser questionado sobre a grande quantidade de armas e munições que mantinha em casa, o acusado apresentou uma explicação incomum. "Estava pensando em voltar à Polícia Militar por isso guardei as armas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.