Integrante mais velha da Gaviões da Fiel tem 82 anos

A aposentada Geni Santiago de Almeida, de 82 anos, será a ‘porta-bandeira’ da velha-guarda da escola

18 de janeiro de 2008 | 15h43

A velha-guarda da Gaviões da Fiel, que neste ano entrará na avenida com 50 pessoas, terá como integrante mais velha uma mulher de 82 anos. Trata-se da aposentada Geni Santiago de Almeida, a ‘porta-bandeira’ da ala. "Ela sai na frente de todo mundo com a bandeira da nossa ala", explica o vice-presidente da ala, Carlos Chagas, 56 anos, conhecido como Manchinha. "Não adianta o sujeito vir aqui do nada e querer desfilar", garante Manchinha. "Para sair conosco é preciso ter, pelo menos, 25 anos de Gaviões e ter uma participação ativa na vida da agremiação", afirma. O presidente da ala conta que se apaixonou pelo samba aos 10 anos. "Minha mãe desfilava na Camisa Verde e Branco e peguei gosto. Na época nem tinha barracão. A gente dançava na rua mesmo", relembra. Em 1975, Manchinha ajudou a fundar a escola de samba do time do seu coração, o Corinthians.  De acordo com o presidente Herbet, a ala é importante para garantir o espaço de quem quer desfilar, mas já não tem tanta energia para sambar na avenida. "Nada mais justo do que reservarmos um espaço para as pessoas que literalmente fizeram a escola".

Tudo o que sabemos sobre:
Carnaval 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.