Interno morre em briga em Febem do interior paulista

O menor Ronaldo Bastos Xavier, de 17 anos, que se encontrava internado desde o dia 24 de junho na unidade de Febem de Iaras, no interior de São Paulo, foi morto nesta segunda-feira durante uma briga de internos.A tensão começou no sábado, quando uma briga entre os internos deixou quatro feridos, um deles gravemente. Embora controlada, a briga não foi resolvida. Hoje de madrugada uma nova briga ocorreu com os internos ateando fogo em colchões, segundo a assessoria de imprensa da fundação. A situação só foi controlada quando a polícia entrou na unidade, que abriga 64 menores.A Febem de Iaras tem sido palco de sucessiva fugas, assim como a de Bauru, onde há falta de funcionários e vigilância precária, já que o trabalho é terceirizado. No último dia 10, 11 menores fugiram da unidade bauruense. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência ao Menor e à Família do Estado de São Paulo, Antonio Gilberto da Silva, acusa a Febem de ter elaborado um plano de segurança. Ele já denunciou a entidade ao Ministério do Trabalho e à Vara da Infância e Juventude de Bauru, que já determinou a contratação de funcionários, mas ainda não foi atendida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.