Internos da Febem de Franco da Rocha fazem 7 monitores reféns

Quarenta e dois internos da unidade 25 da Fundação do Bem-estar do Menor (Febem) de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, estãorebelados e mantêm sete monitores reféns. Dois deles teriam sido feridos e encaminhados ao Pronto-socorro de Franco da Rocha.A assessoria de imprensa da instituição confirma que apenas um monitor sofreu ferimentos na cabeça e foi levado ao pronto-socorro da cidade. O tumulto teve início por volta das 17 horas desta segunda-feira e chegou a ser divulgado que a situação estava sob controle às 18 horas.Porém, os internos permaneciam no pátio da instituição às 19h36 desta segunda-feira e conversavam com o diretor da unidade, Domigos Ferreira. O presidente do Sindicato dos Servidores da Febem, Antônio Gilberto da Silva, também estava no local.De acordo com a Febem, os internos haviam pedido, no sábado, o prolongamento do horário de permanência no pátio, o que, possivelmente, não ocorreu nesta segunda, o que teria motivado a rebelião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.