Internos da Febem de Franco da Rocha fazem tumulto

Adolescentes internados na Ala B da Unidade 30 da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem), em Franco da Rocha (SP), provocaram tumulto hoje durante aproximadamente uma hora e meia. Cerca de 12 jovens fizeram 11 funcionários de reféns, exigindo a ampliação do horário de visitas e a liberação de visitas íntimas. De acordo com a Febem, não foi necessário solicitar a intervenção da Polícia Militar nem os internados chegaram a promover depredações. A Ala B abriga 29 adolescentes reincidentes graves. Eles queriam que a direção aumentasse em mais uma hora a permanência das visitas na unidade. Hoje, as visitas são feitas durante quatro horas um vez por semana. Momentos depois de iniciado o tumulto, os jovens libertaram quatro funcionários e o restante depois que a direção da unidade conversou com eles. Foi prometido que a ampliação do horário de visita seria estudado junto com a direção da Febem, mas que o pedido de visitas íntimas não seria atendido.

Agencia Estado,

16 Junho 2003 | 15h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.