Internos da Febem receberão mais assistência psiquiátrica

Os adolescentes da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem) receberão assistência psiquiátrica preventiva e curativa mais intensa a partir de agora. Cerca de 15 psiquiatras e 15 clínicos atuarão diretamente nas unidades do Tatuapé, Vila Maria, Raposo Tavares e Brás, na cidade de São Paulo.A ação faz parte do Programa de Saúde Mental, criado pela Febem em parceria com o Hospital das Clínicas de São Paulo. Serão dedicadas, pelos psiquiatras, 20 horas por semana aos internos para a discussão dos casos com assistentes sociais e psicólogos da fundação. O objetivo é mudar o ambiente na Febem.

Agencia Estado,

03 de junho de 2006 | 15h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.