Internos de Febem fazem protesto na Grande SP

Internos da Unidade 21 da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem), em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, promoveram um tumulto a partir das 21 horas de ontem e que durou até o início desta madrugada. Segundo a assessoria de imprensa da Febem, uma informação falsa sobre uma revista que seria realizada pela Tropa de Choque da Polícia Militar circulou entre os menores, que se revoltaram e realizaram o protesto.A PM do município informou que sete monitores chegaram a ser mantidos reféns durante o tumulto, mas não houve casos de violência. A assessoria da entidade desmentiu e informou que os monitores não deixaram a unidade depois do fim do turno porque o problema não havia terminado, o que seria um procedimento padrão. Um assessor classificou o tumulto como um "descontentamento" dos internos com a "fofoca" que circulou na unidade, mas estranhou o fato porque na Unidade 21 estão os internos prestes a cumprir a medida e serem liberados. Os internos, porém, amanheceram agitados, mas não houve até o momento qualquer fuga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.