Internos libertam reféns e encerram rebelião na Febem de Campinas

Os 35 internos da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem) Jequitibá, em Campinas, no interior de São Paulo, que estavam amotinados desde às 9h20 da manhã desta segunda-feira, 12, libertaram os quatro reféns e encerraram a rebelião, por volta das 14 horas. De acordo com a assessoria de imprensa da Febem, além dos quatro reféns, um outro servidor, que também estava sob poder dos adolescentes, foi ferido na região dos rins por uma faca improvisada. A vítima foi encaminhada para um hospital da região e ainda não há detalhes sobre seu estado de saúde. O motim, que durou mais de quatro horas, teve início depois de uma briga entre os internos, no interior de uma sala de aula. A unidade abriga 70 adolescentes.FugaNesta madrugada, 20 internos fugiram da unidade de internação 40 da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem) da Vila Maria, na zona norte de São Paulo. Apenas dois já foram recapturados. Segundo informações da assessoria de imprensa da Febem, os adolescentes, maiores de 18 anos, estouraram uma tampa de esgoto localizada nos fundos da unidade e fugiram pelo encanamento até um terreno onde funciona uma fábrica de pneus, ao lado do prédio. A fuga ocorreu por volta das 4h30 da madrugada desta segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.