Inundação bloqueia Marginal do Pinheiros

Motoristas reclamam da CET, que não apareceu para auxiliar o tráfego

Alline Dauroiz, O Estadao de S.Paulo

22 de dezembro de 2008 | 00h00

A forte chuva de ontem à tarde chegou a interditar as pistas local e expressa da Marginal do Rio Pinheiros, sentido Castello Branco, entre as Pontes Roberto Zuccolo (Cidade Jardim) e Eusébio Matoso. O alagamento sob a ponte Cidade Jardim começou a se formar por volta das 16 horas e impediu o tráfego de veículos. Apenas alguns motociclistas se arriscavam a atravessar o aguaceiro. Foi preciso esperar 1h30 para a chuva diminuir, a inundação baixar e um Corolla e um caminhão ultrapassarem a barreira d?água. Nesse período, nenhum agente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apareceu para organizar o trânsito. Pedestres chegaram a retirar pedaços de madeira que obstruíam o escoamento da água embaixo da ponte. Um dos primeiros da fila de carros, o agente de segurança Ricardo Soares do Nascimento, de 32 anos, reclamou da ausência dos marronzinhos. "Cadê a CET para bombear toda essa água?", questionou. "Tinha de estar no trabalho, em Santos, às 18 horas, e já levei bronca do chefe porque vou atrasar. Mas não vou arriscar passar."Outros motoristas também questionavam a falta de agentes no local. "Hoje é fim de semana, né? Mais difícil encontrá-los", disse o administrador Eduardo Nunes, de 28 anos. Ele voltava de Interlagos para a casa, em Barueri.Acompanhado da mãe, de 82 anos, o ajudante geral Luiz Antônio Amoriello, de 50, reclamava da "má engenharia da ponte", que não tinha bom escoamento de água. Mas pedia paciência. "Não adianta ter pressa nessa hora." Segundo a Assessoria de Imprensa da Companhia, por causa do número reduzido de agentes nos fins de semana - são cerca de 100 -, os marronzinhos são deslocados para áreas críticas. Além disso, bombas de sucção de água só são usadas em casos extremos, pois a montagem dos equipamentos é demorada. Ainda de acordo com a CET, neste fim de semana muitos agentes de trânsito se concentravam nas imediações do Estádio do Morumbi, por causa do show da Madonna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.