Investigadores darão detalhes sobre acidente com 447 no dia 27

Escritório francês informou que não tem intenção de explicar a queda do avião brasileiro

Reuters,

20 de maio de 2011 | 18h04

PARIS - Investigadores franceses farão no próximo dia 27 uma atualização da sequência de eventos com o avião da Air France que caiu quando fazia o trajeto Rio-Paris em 2009, informou nesta sexta-feira, 20, o órgão responsável pela investigação de acidentes aéreos da França.

 

Veja também:

linkTeste de DNA permite identificar vítimas do voo 447, diz França

especialInfográfico: Detalhes da operação de resgate

especialPasso a passo do acidente com o voo 447 

 

O Escritório de Investigações e Análise para a Aviação Civil (BEA, na sigla em francês) vai fornecer mais informações factuais sobre o voo 447, mas não tem a intenção de explicar o acidente ou interpretar os dados descobertos recentemente após o resgate das caixas-pretas, disse uma porta-voz.

 

"Serão elementos factuais e descritivos, sem análises", declarou a porta-voz. "Nós daremos as informações que foram confirmadas até agora na cadeia de eventos do voo."

 

A causa do acidente segue sendo um mistério, mas deve ficar mais clara, já que as caixas-pretas foram retiradas do fundo do mar este mês depois de quase dois anos de buscas, e estão sendo analisadas. O BEA condenou reportagens recentes da mídia sobre a suposta causa do acidente.

 

A agência disse que os dados das caixas-pretas estão intactos e devem permitir aos investigadores que decifrem o que aconteceu. Um relatório preliminar deve ser divulgado em meados deste ano.

 

O avião A330 da Airbus caiu no oceano Atlântico perto da costa brasileiro na noite de 31 de maio, matando todas as 228 pessoas a bordo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.