Irmão de Edmundo é acusado da morte de empresário

Luís Carlos Alves de Souza, de 26 anos, irmão do jogador Edmundo, assassinado a tiros na última sexta-feira, integrava a quadrilha que no dia 12 aterrorizou São Cristóvão, na zona norte do Rio, e matou o empresário Jorge Claro Rocha, de 35 anos. Souza teria sido o responsável pelo disparo.A informação, divulgada nesta segunda-feira pelo chefe de Polícia Civil, Zaqueu Teixeira, foi passada à polícia por um dos acusados de participar do "bonde": Ivan Santos Tavares, o Ivan Galinha, de 22 anos, preso na sexta-feira na Favela do Arará.Souza foi enterrado na manhã desta segunda-feira no Cemitério do Maruí, em Niterói. Foi encontrado na madrugada deste domingo no porta-malas de um Palio, em Anchieta, na zona norte.Edmundo não foi ao enterro. Está no Japão, onde joga pelo Verdy Tokio. A polícia investiga as possibilidades de latrocínio ou crime relacionado ao envolvimento com traficantes.O irmão do jogador sempre se destacou por episódios de violência e passagens pela polícia. Ele esteve detido pelo menos seis vezes.A polícia apresentou outros quatro traficantes presos neste fim de semana: Antônio Luiz de França, o Pará, de 38 anos, Leandro Ferreira Queiroz, o Pio, de 19, Washington Gouveia e Crispim da Silva Costa, ambos de 39.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.