Irmãos Recarey são denunciados por furto de energia

Pela segunda vez em menos de um mês, os irmãos e sócios Arturo e Francisco Recarey foram denunciado pelo Ministério Público do RJ por furto de energia. A denúncia de hoje, feita pelos promotores Adriana Schenkel e Daniel Braz, refere-se ao Bingo 13 de Maio. Peritos da polícia constataram fraude no medidor da Light no estabelecimento. O aparelho registrava apenas um terço da energia consumida. Por esse crime, os empresários podem ser condenados a oito anos de prisão e multa. Proprietário da casa de espetáculos Scala, Chico Recarey é um dos mais conhecidos empresários da noite carioca. No dia 8 de agosto, os Recarey e Manuel Pais foram denunciados por furto de energia elétrica e recepção de um medidor furtado. A denúncia foi motivada por uma inspeção feita em 11 de setembro de 2001, quando funcionários da Light detectaram cabos de energia clandestinos e um aparelho roubado no Mediterraneo Bar e Restaurante, em Ipanema, do qual os três são sócios-gerentes. Chico e Arturo foram denunciados também por um "gato" na pizzaria Guanabara. Entre julho de 2001 e janeiro desse ano, o medidor do estabelecimento foi adulterado para que registrasse consumo de energia inferior ao real. Nesse caso, ambos foram denunciados por estelionato, crime que pode ser punido com pena de até cinco anos de reclusão e multa. Na 5.º Distrito Policial, há registro do mesmo crime na casa noturna Asa Branca, na Lapa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.