Irritado, Serra ameaça deixar entrevista

Convidado para uma entrevista que vai ao ar hoje à noite na rede CNT, o presidenciável José Serra (PSDB) se irritou ao ser questionado sobre as pesquisas e sobre o episódio da Receita. Serra alegou que preferiria discutir propostas de governo. Ao ser pressionado pelos jornalistas Alon Feuerwerker e Márcia Peltier, Serra interrompeu a conversa bruscamente. "Não vou dar essa entrevista, vocês me desculpem", disse. O tucano se levantou e reiterou que eles estavam perdendo tempo. "Faz de conta que eu não vim", disse, já se retirando. "Não posso fazer um programa sem perguntas", argumentou Márcia. Serra então retomou a gravação, desta vez para discutir suas propostas. / DAIENE CARDOSO

, O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.