Israelense é presa com cocaína em aeroporto de São Paulo

Policiais do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) prenderam em flagrantea israelense Oshrit Uzan, de 20 anos, quando ela tentava embarcar no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, com 3,26 quilos de cocaína escondidos no fundo de uma mala. Elafoi acusada de tráfico internacional de drogas.Oshrit, que é estudante de medicina, foi presa por volta das 19h30 desta terça-feira por investigadores da 4º Delegacia da Divisãode Investigações sobre Entorpecentes (Dise) do Denarc. Policiais do setor de inteligência receberam a informação de que uma mulher embarcaria para Londres com cocaína na bagagem.Por alguns dias, os policiais verificaram nas listas de passageiros das companhias aéreas alguém com o sobrenome Uzan, mas somente nesta terça a encontraram. De acordo com os policiais doDenarc, ela demonstrou nervosismo ao ser questionada sobre o conteúdo da bagagem. Apresentou passaporte de Israel ebilhete com destino a Londres, Inglaterra.A estudante confessou o crime e disse que receberia US$ 1 mil pelo transporte da droga. Autuada em flagrante, Oshrit foi encaminhada para a Cadeia Pública Feminina de Pinheiros, nazona oeste de São Paulo, onde ficará até o julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.