Itália diz que poderá pedir ao STF a extradição de Battisti

Governo teria tomado 'vários passos' para 'rever' a decisão brasileira de conceder refúgio ao italiano

André Lachini, da Agência Estado,

22 de janeiro de 2009 | 16h52

O governo italiano estuda fazer um pedido formal ao Superior Tribunal Federal (STF) do Brasil para pedir a extradição do ex-terrorista Cesare Battisti, ao qual o governo brasileiro deu asilo político. Battisti foi condenado na Itália à prisão perpétua por quatro assassinatos, à revelia, pois estava foragido na França quando ocorreu o julgamento. Ele nega os crimes, ocorridos no final da década de 1970.   Veja também:  TV Estadão: Ideologia não influenciou concessão de refúgio, diz Tarso   Documento: Processo do Ministério Público que defere extradição de Battisti     Opine: Você concorda com o refúgio dado a Cesare Battisti?  Leia tudo o que já foi publicado sobre o caso e entenda o processo   A informação partiu do ministro das Relações com o Parlamento da Itália, Elio Vito, que disse que entre as iniciativas poderá estar "um pedido ao STF" do Brasil para a extradição.   Segundo Vito, o governo italiano já cumpriu "vários passos nos mais altos níveis" e acredita que agora foram criadas condições para "rever" as decisões tomadas pelo governo do Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
caso BattistiCesare BattistiSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.