Itália pede ao Supremo que casse decisão de Lula

O governo italiano pediu ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) que casse a decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de negar a extradição do ex-ativista Cesare Battisti e determine sua entrega ao país. Battisti foi condenado a prisão perpétua na Itália por suposto envolvimento com assassinatos. Em 2009, o STF decidiu autorizar a extradição de Battisti, mas Lula, em seu último dia de governo, decidiu não entregá-lo à Itália.

Mariângela Gallucci, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2011 | 00h00

Em recursos protocolados ontem, os advogados do governo italiano contestam o parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) que serviu de base para a decisão de Lula. Não há previsão de quando o STF decidirá o destino de Battisti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.