Italiano é preso com cocaína no Aeroporto Tom Jobim

O italiano Paolo Zini foi preso na noite desta terça-feira no Aeroporto Internacional Tom Jobim com cerca de dois quilos de cocaína. A droga estava escondida em uma cinta abdominal, dividida em quatro pacotes plásticos. O italiano foi autuado em flagrante às 20h45 no pórtico de raio-x do setor de embarque internacional. Ele confessou que pretendia entrar na Europa por Madri e de lá seguiria para a Itália, onde revenderia a cocaína por US$ 50 mil. Além da droga, Zini levava 600 euros e documentos com dados financeiros, nomes e telefones. O material ainda será analisado pelo Serviço de Inteligência da delegacia da Polícia Federal no aeroporto. Zini foi encaminhado para o Presídio Ary Franco, em Água Santa, onde fica a carceragem da PF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.