Itamaraty critica ''documento feito unilateralmente''

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que o "governo brasileiro não se pronuncia sobre o conteúdo de relatórios elaborados unilateralmente por países" e criticou os Estados Unidos. "Tais avaliações não incluem a situação em seus próprios territórios e outras áreas sujeitas "de facto" à sua jurisdição." A nota diz ainda que "o Brasil reitera seu forte comprometimento com os sistemas internacionais de direitos humanos, dos quais participa de maneira transparente e construtiva".

, O Estado de S.Paulo

09 Abril 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.