Itaú Numismática faz segundo leilão

O Itaú Numismática deu início, nesta quinta-feira à noite, ao primeiro dia do 2º Leilão de Jóias e Moedas do instituto.Foram apregoados 200 lotes, que incluíam anéis, pulseiras, colares e objetos pessoais como canetas, relógios e chaveiros, com preços variando entre R$ 30,00 e até R$ 2 mil, em média.O leilão teve início às 21 horas, meia hora depois do horário previsto, com cerca de 30 participantes presentes ao Auditório do Instituto Itaú Cultural, na Avenida Paulista.Na platéia, estavam desde colecionadores e joalheiros, a casais buscando uma boa oferta por uma peça valiosa.Um problema com o cofre temporário do Instituto, onde estavam guardadas as jóias, acabou invertendo a ordem de peças apregoadas.O primeiro lote a ser vendido, de nº 2, continha 12 pingentes, quatro com medalhões, dois em pedra olho de tigre e seis feitos de ouro. Com lance inicial de R$ 60,00, o conjunto foi vendido por R$ 130,00 para um casal.O lote seguinte, com várias abotoaduras, um chaveiro e um camafeu, cotado inicialmente a R$ 30,00, foi comprado por um homem por R$ 130,00.Algumas das peças apregoadas não chegaram a ter a oferta inicial coberta. O leiloeiro então, abriu espaço para ofertas condicionais. Algumas ficaram bem abaixo do preço de início.Até as 22h15, a peça de maior valor vendida foi um anel solitário de ouro branco pela oferta inicial de R$ 2 mil.Nesta sexta-feira à noite serão apregoadas mais 200 lotes de jóias e objetos pessoais. No sábado à tarde, o segundo leilão de moedas e jóias do Itaú Numismática será completado com a venda de moedas raras, cédulas e papéis, alguns dos quais produzidos no Brasil no século XVII.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.