Já são 1.557 urnas substituídas

Mais urnas apresentaram problemas nas eleições que está acontecendo neste domingo em todo o País. Dados dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), reunidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), informam que até as 13h45, houve 1.557 urnas substituídas, o que corresponde a 0,43% do total de 361.431 em atividade.Em números absolutos, o maior número de substituições de urnas até agora ocorreu em São Paulo, onde 359 urnas foram substituídas. Em segundo lugar, vem o Rio Grande do Sul, com 175. Em terceiro lugar, ficou o Rio de Janeiro, com 156.Em números proporcionais, no Sergipe, 90 urnas foram substituídas. Já no Distrito Federal, 47 apresentaram problemas e tiveram que ser substituídas, e em Alagoas, 41.No total, 36 seções realizam a eleição manualmente, com cédulas de papel. No Rio Grande do Sul, foram 8 seções com votação manual. Em seguida, vêm São Paulo e Minas Gerais, com 6 seções. Mato Grosso aparece na seqüência, com 3 seções.No segundo turno, em 2002, houve 2.621 urnas substituídas, equivalentes a 0,64% do total, e a votação manual se deu em 299 seções.O TSE informa, ainda, que na seção indígena de Fontoura, na ilha do Bananal (TO), a votação já começou e segue normalmente. A ilha estava sem acessibilidade devido a uma forte chuva, que dificultou o deslocamento da equipe da Justiça Eleitoral que levava a urna eletrônica.Também no Amazonas já foi providenciado outro avião para fazer o transporte da urna eletrônica para o município de Guajará.

Agencia Estado,

29 de outubro de 2006 | 14h41

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.