Já são dez os mortos na guerra do tráfico na Rocinha

Um suposto traficante que foi baleado na Rocinha hoje, em confronto com a Polícia Militar, morreu no Hospital Miguel Couto, elevando para dez o número de mortos na guerra pelo controle da favela, detonada na última sexta-feira. O nome do criminoso não foi divulgado.Outro homem que também seria traficante e teria o apelido de Maurinho foi morto pelos PMs hoje. Um terceiro foi ferido.

Agencia Estado,

12 de abril de 2004 | 15h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.