Jales comemora decisão, mas avisa que ficará ''''alerta''''

A decisão do CNMP foi recebida com satisfação em Jales. O ato de protesto previsto para ontem na Câmara Municipal, do qual Sônia Modanez, mãe de Diego, participaria, foi cancelado, mas os vereadores decidiram aprovar uma moção de repúdio contra o MPE por ter dado foro privilegiado a Thales Schoedl. ''''Vamos deixar registrado nosso protesto contra a forma como o MP conduziu o caso'''', disse a presidente da Casa, Aracy Cardozo (PT). O abaixo-assinado contra a ida do promotor para Jales e a moção serão enviados ao MP. ''''Vimos com satisfação a decisão, mas avisamos que estaremos alerta'''', disse o líder do movimento Fora Thales!, Carlos Alberto Cardoso.

O Estadao de S.Paulo

07 Setembro 2004 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.