Jamelão já está na Sapucaí e aguarda apuração

O cantor Jamelão, intérprete do samba-enredo da Mangueira, foi o primeiro representante da escola a chegar ao sambódromo, onde ocorrerá a apuração das notas dos desfiles. Ele explicou que gosta de chegar cedo para se encontrar com os amigos, bater papo e rever gente com quem não se encontra nos outros 364 dias do ano. "Não sei que bicho vai dar. Pode ser camelo, que não bebe água e não morre de sede, mas de todo jeito vou comemorar como faço durante o ano inteiro", brincou o cantor. Este ano, os elásticos que ele costuma usar nos dedos das mãos são das cores verde e rosa. Seria para dar sorte? "A Mangueira não precisa de sorte", respondeu o sambista, prontamente. Faz muito calor no sambódromo. Por enquanto, só chegaram representantes da Unidos da Tijuca, Beija-Flor, Mangueira e Mocidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.