Jarbas decreta estado de emergência em Pernambuco

O governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB), decretou estado de emergência em todo o Estado, hoje, diante dos estragos provocados pelas chuvas e da previsão da tendência de manutenção, até com maior intensidade, das precipitações na área, nos próximos 10 dias, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).Jarbas comunicou a decisão ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, através de fax, e anunciou que irá entrar em contato com os governadores de outros Estados nordestinos fortemente atingidos pelas chuvas ? Ceará, Piauí, Alagoas e Sergipe para marcar audiência conjunta com o presidente, solicitando liberação imediata de verbas.Em Pernambuco, as chuvas provocaram 22 mortes e o número de desabrigados é de 10 mil. Parte da lavoura agrícola foidestruída, assim como centenas de casas, rodovias, escolas e pontes. No fax ao presidente, o governador lembra que ovice-governador Mendonça Filho (PFL), entregou, na quinta-feira passada, em Brasília, relatório preliminar dos prejuízos humanose materiais ao vice-presidente da República José Alencar e ao secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional. Diante do agravamento da situação, Jarbas pede ?especial atenção no sentido de examinar as demandas? e autorização de providências emergenciais relativas ao envio de mantimentos para as populações atingidas.O governador também decidiu enviar a Brasília o secretário estadual de Políticas Sociais para entregar relatório atualizado dos prejuízos à Defesa Civil e anunciou que um grupo estratégico do governo, liderado pelo vice-governador, permanecerá em regimede plantão 24 horas. Hoje Jarbas visita o município de Floresta, no sertão, um dos mais atingidos. Ele também pretende se reunircom os prefeitos das cidades afetadas pelas chuvas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.